Aperfeiçoamento Profissional

Formação de PH em NR13 - Aulas práticas

Aperfeiçoamento Profissional

Aperfeiçoamento Profissional (18)

Instalador de Energia Solar - Capacitação Técnica

Seg, 24 de Setembro de 2018 16:55

NR 33 - Trabalho em espaço confinado

Por CFP


NR-33 - Trabalho em espaço  confinado - Trabalhadores

Carga Horária: 16 Horas

NR-33 Trabalho em espaço  confinado - Supervisores

Carga horária: 40 Horas

 

Objetivo do Curso:

Atender os requisitos da NR 33 (Norma Regulamentadora) para identificação de espaços confinados, reconhecimento, análise, monitoramento e controle de riscos existentes. Em resumo, visa garantir permanentemente a segurança e saúde dos trabalhadores que interagem direta ou indiretamente nestes espaços.

 

Público Alvo:

1 - Trabalhadores autorizados e Vigias – quem precisa somente capacitação para trabalhar em espaço confinado podendo adentrar o mesmo depois que todos os procedimentos legais e de segurança sejam realizados pelo Supervisor de Entrada.

2 - Supervisores de Entrada - quem desempenha funções como: Emissão de Permissão de Entrada e Trabalho antes do início das atividades; Execução de testes e conferencia de equipamentos, bem como procedimentos contidos na Permissão de Entrada e Trabalho; garantir que serviços de emergência e salvamento estejam disponíveis e se meios para acioná-los estão operantes; Cancelamento de procedimentos de entrada e trabalho se necessário;  encerramento da Permissão de Entrada e Trabalho no término dos serviços.

Pré-requisitos:

Ensino Fundamental-1º Grau (Apresentar cópia autenticada do Atestado de Conclusão do 1º Grau, conforme exigência da NR 33).

 

Área de atuação Profissional:

Empresa que possuam ou atuam em ambientes que exijam cumprimento da NR-33.

TABELA DE PREÇOS DE TREINAMENTOS

 

NR33 (16 Horas)

VALOR  INDIVIDUAL

R$680,00

MINÍMO 10 COLABORADORES

R$380,00 (Participante)

IN COMPANY

Solicitar proposta técnica

TABELA DE PREÇOS DE TREINAMENTOS

 

NR33 (40 Horas)

VALOR  INDIVIDUAL

R$1.200,00

MINÍMO 10 COLABORADORES

R$680,00 (Participante)

IN COMPANY

Solicitar proposta técnica

***Os valores acima referem-se a  treinamentos na sede do CFP, na cidade de Araraquara/SP

Foi emitida Nota Técnica nº 283/2016 pelo Ministério do Trabalho (MTE) se posicionando contra a realização de treinamentos à distância (Modalidade de Ensino a Distância - EaD) para os treinamentos previstos# nas Normas Regulamentadoras NR-10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade, NR-12 - Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos, NR-13 - Caldeiras, Vasos de Pressão e Tubulações, NR-33 - Segurança e Saúde no Trabalho em Espaços Confinados e NR-35 - Trabalho em Altura.

Um dos assuntos abordados na Nota Técnica, é de que o Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho - DSST do MTE, tem o entendimento de que para alguns tipos de atividades que envolvem grande risco e demandam atuação essencialmente prática do profissional não se pode adotar a modalidade de ensino a distância.

A conclusão final da Nota Técnica é expressada da seguinte forma: "Portanto, até que a questão venha a ser amplamente discutida e definida pela instância responsável pela construção das Normas Regulamentadoras, entende-se, por cautela, não ser viável a adoção de treinamentos na modalidade a distância para as capacitações previstas na NR-10, na NR-12, na NR-13, na NR-33 e na NR-35."

Faça seu cadastro para mais informações:

Sex, 27 de Julho de 2018 13:56

Instalador de Energia Solar

Por CFP

Instalador de Energia solar - Capacitação Técnica

TREINAMENTO COM TURMAS ATÉ 10 PARTICIPANTES.

Carga horária: 16 Horas

O QUE ESTÁ INCLUSO NO CURSO?

- Aulas teóricas e práticas;
- Material didático ;
- Coffee-break;
- Certificado de conclusão do curso com reconhecimento no mercado nacional;
- Suporte pós-curso através do contato direto com o instrutor e profissionais de engenharia para tirar dúvidas e ajudar os alunos nos projetos futuros;

QUAL PRÉ-REQUISITO PARA O CURSO?

Não são necessários pré-requisitos para o curso. O curso é tanto direcionado para o público leigo  quanto para quem já atua no setor.

PÚBLICO-ALVO

Profissionais em busca de capacitação para atuar com instalações de energia solar ou na supervisão das instalações;
Profissionais que já atuam com energia solar e buscam aprimorar e refinar o conhecimento, tendo uma visão mais real e prática dos sistemas.

MÓDULO 1: O MERCADO DE ENERGIAS RENOVÁVEIS NO BRASIL

- Introdução à energia solar fotovoltaica;

- Panorama atualizado do mercado;

- A matriz energética do Brasil;

- Breve histórico;Tipos de projetos;

- Projetos bem sucedidos;

MÓDULO 2: CONCEITOS ESSENCIAIS EM ELETRICIDADE

- Conceitos essenciais sobre energia elétrica;

- Unidades e grandezas elétricas;

- Conceitos básicos de circuitos;

- Dispositivos elétricos indispensáveis;

MÓDULO 3: CONCEITOS EM ENERGIA SOLAR

- O sol como fonte de energia;

- A irradiância solar;

- Horas de Sol a pico;

- O perfil Solar do Brasil;

- Interpretação de Atlas Solarimétricos;

- Eficiência em projetos solares;

MÓDULO 4: EQUIPAMENTOS FOTOVOLTAICOS

- Módulos fotovoltaicos;

- Inversores;

- Baterias;

- Controladores de Carga;

- Equipamentos adicionais;

MÓDULO 5 : SISTEMAS ON-GRID

- Características dos sistemas ON-GRID;

- Passo a passo detalhado do cálculo de um projeto ON-GRID;

MÓDULO 6: LEGISLAÇÃO VIGENTE PARA MICRO GERAÇÃO DISTRIBUÍDA

- Estudo dos pontos essenciais das normas 482 e 687 da Aneel;

- Estudo das regras e documentação de homologação junto às principais concessionárias;

MÓDULO 7: SISTEMAS OFF-GRID

- Características dos sistemas OFF-GRID;

- Passo a passo detalhado do cálculo de um projeto OFF-GRID;

MÓDULO 8: COMÉRCIO DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS

- O sistema fotovoltaico como um produto;

- Principais argumentos para seus clientes;Perfil dos clientes a serem buscados;

- O mapa comercial da energia solar no Brasil;

- Passo a passo detalhado das etapas de uma venda de um sistema;

- Estimativas de custos;

- Linhas de financiamento;

- Planilhas de Payback;

- Parcerias;

MÓDULO 09: EXECUÇÃO DE PROJETOS FOTOVOLTAICOS

- Concepção de projeto em energia solar;

- Logística de projeto em energia solar;

- Etapas detalhadas de execução de um projeto fotovoltaico;

- Riscos em projetos deste ramo;

- Entregando produtos de qualidade;

- Aula prática de instalação in loco.


Matricule-se


PREVISÃO DE NOVA TURMA P/ 03/09/2018!

Adequação à NR12

Carga horária: 32 horas.

Público Alvo:

O curso é destinado aos profissionais que  atuam nas áreas de segurança do trabalho para adequação e controle de equipamento e máquinas em seu local de trabalho em acordo com a NR 12, a profissionais liberais, supervisores de áreas fabris, operadores de máquinas e equipamentos, desenvolvedores de máquinas e equipamentos, fabricantes, vendedores de máquinas e equipamentos


Objetivo:

É habilitar profissionais engenheiros (Mecânicos, Segurança do Trabalho) que são responsáveis pela adequação e gestão de implantação em fábricas de equipamentos e máquinas com relação as normativas da Norma NR12, tanto na operação e manutenção para o atendimento de todos os pontos exigido pela nova Norma Regulamentadora, na identificação dos riscos, tipos de proteção, cuidados, inspeções, operação segura do equipamento e da capacitação do operadores. Este curso também visa os profissionais da área que estão buscando entender mais sobre a norma, e que desejam elaborar os seus próprios materiais para treinamentos em suas empresas como instrutor.


Pré Requisitos:


É recomendável que o profissional a ser treinado possua alguma experiência na área fabril de Máquinas e Equipamentos e que tenham pelo menos cursos técnicos na área  de segurança do trabalho, mecânica, metalurgia ou construção civis, porém a comprovação da escolaridade não é um pré-requisito para o candidato participar do curso.

Áreas de atuação profissional:

O profissional poderá atuar em diversas áreas dentre elas: petrolífera e petroquímica, papel e celulose, caldeiraria, metalúrgica, eletromecânica, mecânica pesada, naval, siderúrgica e etc.



Conteúdo Programático:


MÓDULO I: TÉCNICAS DE APRESENTAÇÕES EFICAZES PARA INSTRUTORES


- O processo de comunicação - garantindo a eficácia nas ações;
- O ensino e aprendizagem nas organizações – a troca continuada do conhecimento;
- Fases de uma Apresentação;
- Passos para finalizar adequadamente uma apresentação;
- Recursos de Apresentação.

METODOLOGIA APLICADA:
Embasamento teórico e apresentações individuais com filmagem, avaliação e discussão.


MÓDULO II: ASPECTOS LEGAIS E APLICAÇÃO


1. Aspectos Legais e Normatização da NR12

Processo de revisão e principais alterações:
Conceitos Fundamentais da NR 12;
NR12 - Apresentação do texto e Anexos;
Articulação da NR 12 com outras NRs e Normas ABNT; Cases.

2. Aspectos Legais e Penalidades, Cases e Aplicação da NR12


Cases de ações trabalhistas / TAC , penalidades e responsabilizações pelo não atendimento;
Abrangência da NR 12: exemplos de máquinas e equipamentos adequados a NR 12;
Glossário: interpretação de termos técnicos mais aplicados;
Sistemas e dispositivos de proteção de máquinas e equipamentos;
Análise de Riscos (ABNT 12100:2013), Priorização na implementação;   Laudos Técnicos.

MÓDULO III: GESTÃO P/ IMPLANTAÇÃO E MANUTENÇÃO

1. Gestão para implantação e manutenção da NR12.

Etapas para Implantação;
Treinamento NR12 – Conscientização e nivelamento;
Criação do Inventário;
Análise de riscos;
Memorial de descritivo e orçamentos;
Plano de ação de implantação baseado em prioridades, custos e disponibilidade de máquinas;
Manutenção Corretiva e Preventiva;
Ergonomia (tópicos).


2.  Sistemas e dispositivos de proteção


Identificação / Construção / Instalação;
Monitoramento dos componentes de segurança;
Dispositivos e interfaces de Segurança;
Categorias de Segurança: Monitoramento de segurança da máquina;

3. Cases de implementação

Setor da Indústria metal mecânica, siderúrgica;
Setor fabril em geral;
Setor Sucroalcooleiro
Setor da Construção civil;
Setor de Mineração e outros.

4. Manutenção do processo

Capacitação e reciclagens;
Procedimentos de segurança e trabalho;
Auditoria da NR 12.

MÓDULO IV:  VISITA TÉCNICA P/ ANÁLISE DO MAQUINÁRIO EM CAMPO


- Identificação / Construção / Instalação;
- Monitoramento dos componentes de segurança;
- Fechamento de Relatório  de auditoria da NR 12.

Valores:

TABELA DE PREÇOS  DE TREINAMENTOS P/ INÍCIO NESTA TURMA!


Adequação A NR12 (Máquinas e Equipamentos)

VALOR  INDIVIDUAL

R$2.400,00

PREÇO PROMOCIONAL C/ 20% ATÉ DIA  20/08/2018

***à VISTA


R$1.920,00 (Por Participante)

IN COMPANY

Solicitar Proposta Técnica

***Os valores acima referem-se a  treinamentos na sede do CFP, na cidade de Araraquara/SP


NOTA:

Foi emitida Nota Técnica nº 283/2016 pelo Ministério do Trabalho (MTE) se posicionando contra a realização de treinamentos à distância (Modalidade de Ensino a Distância - EaD) para os treinamentos previstos# nas Normas Regulamentadoras NR-10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade, NR-12 - Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos, NR-13 - Caldeiras, Vasos de Pressão e Tubulações, NR-33 - Segurança e Saúde no Trabalho em Espaços Confinados e NR-35 - Trabalho em Altura.

Um dos assuntos abordados na Nota Técnica, é de que o Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho - DSST do MTE, tem o entendimento de que para alguns tipos de atividades que envolvem grande risco e demandam atuação essencialmente prática do profissional não se pode adotar a modalidade de ensino a distância.

A conclusão final da Nota Técnica é expressada da seguinte forma: "Portanto, até que a questão venha a ser amplamente discutida e definida pela instância responsável pela construção das Normas Regulamentadoras, entende-se, por cautela, não ser viável a adoção de treinamentos na modalidade a distância para as capacitações previstas na NR-10, na NR-12, na NR-13, na NR-33 e na NR-35."

Instrutores:

Engº. Mecânico: Mauricio A.Antunes / CREA/SC 22607-2

Engº.Segurança do Trabalho: Evandro F. Silva / WSP Consultoria & Treinamentos


Matricule-se


Sex, 09 de Junho de 2017 13:48

Fiscal de Obras

Por CFP

FISCAL DE OBRA

DURAÇÃO: 160 HORAS

Objetivo do curso:

Preparar o profissional para fiscalizar a execução de obras de acordo com os procedimentos legais, propondo alternativas do uso de técnicas e materiais de construção, apoiando o planejamento e o orçamento necessários à escolha da melhor solução a ser adotada na ocupação do solo, tendo por premissa o respeito e a preservação ambiental.

Público Alvo:

Profissionais da área de construção civil ou iniciantes que pretendam iniciar na área de supervisão, projetos, acompanhamento e fiscalização de obras.

Pré-requisitos:

Ensino Ensino Médio completo, acima de 18 anos de idade. (não é necessário experiência na área).

Área de atuação Profissional:

Todas as obras precisam tem um fiscal que acompanhará o uso correto dos materiais, o cumprimento irrestrito do contrato de prestação de serviço entre a construtora e o cliente, o acompanhamento do recebimento dos materiais a requisição de materiais, o emprego correto da técnica construtiva. fiscaliza as obras para conferir se o projeto apresentado está sendo cumprido.

O curso Fiscal de Obras apresenta especial foco para os encarregados de todas as fases da construção (contratos, negociação, gestão de equipe, execução e fiscalização) nas empresas construtoras.

Programa Resumido:

  • Introdução a Construção Civil.
  • Física aplicada (mecânica, eletrica basica)
  • Matemática aplicada (trigonometria, calculo de areas, etc.)
  • Introdução a Segurança na Construção Civil
  • Leitura e interpretação de Desenho Técnico Aplicado
  • Introdução teórica ao Autocad 2D
  • Princípios fundamentais para Projetos  em Edificações
  • Materiais de Construção
  • Fundações e Mecânica dos Solos
  • Alvenaria e Estabilidade
  • Desenho Técnico de Estruturas
  • Concreto
  • Instalações Elétricas Prediais
  • Instalações Hidráulicas-Agua Fria/Quente
  • Instalações Hidráulicas - Esgoto e Drenagem
  • Proteção em Instalações Elétricas
  • Pintura e Revestimentos
  • Esquadrias
  • Auditor de Meio Ambiente – ISO 14001
  • LAIA–Levantamento de Aspectos e Impactos Ambientais
  • Conceitos básicos de Gestão da qualidade
  • Aspectos da Liderança de Sucesso
  • Projetos Práticos em Edificações e Visitas Técnicas
  • Instrumentos legais (Lei de Improbidade Administrativa na Administração Pública)
  • Responsabilidades profissionais e penalidades (Código Civil e Criminal)
  • Interpretação e Elaboração de documentos de obra: (Termo de contrato, Ordem de Serviço, Diário de Obras, planilhas orçamentárias e cronograma físico-financeiro, etc)
  • Legislação de trabalhista aplicada à indústria da Construção Civil (NR18)
  • Gestão Ambiental aplicada à construção civil;
  • Critério de recebimento e aceitação de obra (Encerramento da obra e do contrato).

matricula


Carga horária: 32h

Objetivo:

Este curso apresenta conteúdo teórico e prático referente a inspeção e documentação pertinentes a estanqueidade e serviços com redes de gases e tanques.

Público alvo:

Recomendamos este curso especialmente para profissionais que atuarão com inspeção e que também executarão laudos, prontuários, relatórios e demais itens pertinentes ao assunto de "Estanqueidade".

Área de atuação Profissional:

O profissional poderá atuar no acompanhamento de inspeção nas áreas de manutenção preditiva, áreas de produção e fabricação, podem coordenar equipes de trabalho, onde se fizer necessário conhecimentos básicos sobre a condução do método de ensaio da atividade e/ou responsabilidade ligadas a equipamentos sujeitos a inspeção de estanqueidade.

Programa Resumido:

MÓDULO 1. Introdução - Revisão teórica.

  • Noções de grandezas físicas e unidades;
  • Equipamentos de processos
  • Instrumentos.

MÓDULO 2. Operação e Comissionamento;

  • Tubulações e acessórios;
  • Regulagem e controle;
  • Falhas de operação, causas e providências;
  • Roteiro de vistoria;
  • Procedimentos em situações de emergência.

MÓDULO 3. Legislação e normalização - Considerações Pertinentes;

  • Normas Regulamentadoras - NR13 / NR35 / NR33.

MÓDULO 4 . Ensaios Não Destrutivos - Considerações Pertinentes:

  • Ensaio Visual em Soldas
  • Líquido Penetrante
  • Partículas Magnéticas
  • Ensaio de Ultrassom
  • Raio X | Gama
  • Estanqueidade

MÓDULO 5. Documentação;

  • Análise de Documentação
  • Análise de Potenciais Falhas de Risco
  • Elaboração e Execução do Plano de Regularização
  • Elaboração e Supervisão do Plano de Inspeção
  • Adequação da Sinalização
  • Planejamento de Inspeções Regulares
  • Elaboração de relatórios e laudos

Coordenadores:

Prof. Mauricio Antunes - Engenheiro Mecanico

Prof. Fabio Andrade - Engenheiro Eletricista

matricula


Qui, 22 de Setembro de 2016 10:35

Especialização em Heliponto

Por Administrator

Especialização em Operação de Heliponto

Carga horária: 40 horas

Objetivo do Curso:

Curso de especialização de bombeiros para exercer as funções de apoio de solo, nas operações de pouso ou decolagem, na proteção contra incêndio e atendimento a situações de emergência em conformidade com o estabelecido na Portaria Ministerial 18/GM5/74, Resolução 279/2013 da ANAC, ICA 100-12, ICA 100-37 e ICA 100-16 do COMAER, e a IT 31/11 do DL 56.819/11 – SP do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo.

Trata-se de um curso de educação profissional de nível básico na modalidade de educação não formal destinado a proporcionar ao bombeiro conhecimento que lhe permita profissionalizar-se, qualificar-se e atualizar-se para o trabalho. Não havendo exigência de escolaridade anterior (entendimento da Lei nº 9394 de 20 de dezembro de 96), porém sendo recomendado a formação profissional nos cursos de Bombeiro Civil ou Militar.

Através de normas e conceitos são aprendidos procedimentos de segurança e emergência, além de comunicação, sinalização e embarque e desembarque de passageiros. Na inexistência de norma específica que estabeleça o currículo mínimo para a formação em heliponto sugerimos formação como Bombeiro ou experiencia na área.

Publico alvo

Bombeiro profissional civil, Bombeiro Militar e profissionais envolvidos com a área.

Grade Curricular

Conceitos e normas. Risco no pouso do helicóptero. Procedimentos de segurança para balizamento Procedimentos de controle em caso de emergência em incêndio e resgate de vítimas. Tipos de aeronaves. Partes de um helicóptero. Utilização de helicópteros. Fabricantes de helicópteros. Comunicações e sinalização em heliponto.

Pré requisito

Ser bombeiro civil ou militar ou conhecimentos práticos nessa área.

Documentos necessários

RG e CPF; Xerox do comprovante de residência; 2 fotos 3x4.

Faça seu cadastro para mais informações:


Qua, 29 de Julho de 2015 15:37

Treinamento ASME IX

Por Administrator

Treinamento Norma ASME IX 

Carga horária: 24 Horas

Qualificação de soldadoresAsme 9


Sobre a Asme IX

Desde a sua primeira emissão em 1914, Código de Caldeira e recipientes sob pressão da ASME (BPVC) foi pioneira em padrões de desenvolvimento moderno, mantendo um compromisso para melhorar a segurança e avanço tecnológico para atender às necessidades de um mundo em mudança. Mais de 100.000 cópias do BPVC estão em uso em 100 países em todo o mundo

Objetivo

Nossa proposta neste Treinamento Básico do código ASME IX é  abordar os principais requisitos do código para qualificação de procedimentos de soldagem e qualificação de pessoal.

Público Alvo

Profissionais de empresas como Soldadores, Técnicos, Encarregados, Supervisores, Engenheiros, e profissionais liberais que tenham como  atividade e/ou responsabilidades profissionais  procedimentos de soldagem em seu dia a dia de fábrica e/ou trabalho. 


Pré-requisitos

Profissionais que tenham conhecimento em processos de soldagem e/ou na área de metalurgia.


Cronograma do Treinamento:


- O aluno terá uma visão geral de Engenharia de Soldagem para elaboração de Especificação de Procedimento de Soldagem (EPS);

- Serão abordados os temas: juntas de solda, metais de base, metais de adição, juntas, parametrização de soldagem, processos de soldagem, gases, técnicas operatórias, ensaios, normas e documentação;

- Introdução à norma de fabricação ASME IX e auxiliares;

- Sistemática do código ASME: estrutura do código ASME IX: artigos I, II, III, IV, itens; tabelas de dados: banco de dados e EPS, RQS, RQP, IEIS, planos de inspeção e testes; principais aplicações em processos e materiais do código ASME.


Coordenador /Professor


Fernando Souza da Silva

SNQC/FBTS IS-3532-N2


Faça o cadastro de sua empresa e/ou colaborador,  para mais informações faça sua matrícula pelo site:


Ter, 21 de Julho de 2015 14:52

NR 10

Por Administrator

NR-10 Treinamento Básico (Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade)

Carga horária: 40 horas

SEP-Sistema Elétrico de Potência - Carga Horária 40 horas 

Obs.:"Para realização do treinamento de SEP é necessário ter realizado anteriormente o treinamento de NR10 Básico."

Nr 10

Objetivo do Curso: 

Capacitar o trabalhador sobre as medidas de segurança no trabalho com eletricidade, expondo os requisitos e condições mínimas para implementação de medidas de controle e sistemas preventivos, formas de garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que interajam em instalações elétricas e serviços com eletricidade. Aplica-se às fases de geração, transmissão, distribuição e consumo, incluindo as etapas de projeto, construção, montagem, operação, manutenção das instalações elétricas e quaisquer trabalhos realizados nas suas proximidades. 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO I - Para os trabalhadores autorizados:

Programação Mínima:

- Introdução à segurança com eletricidade;

- Riscos em instalações e serviços com eletricidade: a) o choque elétrico, mecanismos e efeitos; b) arcos elétricos; queimaduras e quedas; c) campos eletromagnéticos;

- Técnicas de análise de risco;

- Medidas de controle do risco elétrico: a) desenergização; B) aterramento funcional (tn / tt / it); de proteção; temporário; c) equipotencialização; d) seccionamento automático da alimentação; e) dispositivos a corrente de fuga; f) extra baixa tensão; g) barreiras e invólucros; h) bloqueios e impedimentos; i) obstáculos e anteparos; j) isolamento das partes vivas; k) isolação dupla ou reforçada; l) colocação fora de alcance; m) separação elétrica;

-  Normas técnicas brasileiras – NBR da ABNT: NBR-5410, NBR 14039 e outras;

- Regulamentações do MTE: a) NRS; 4 b) NR-10 (segurança em instalações e serviços com eletricidade); c) qualificação; habilitação; capacitação e autorização;

-  Equipamentos de proteção coletiva;

-  Equipamentos de proteção individual;

- Rotinas de trabalho – procedimentos: a) instalações desenergizadas; b) liberação para serviços; c) sinalização; d) inspeções de áreas, serviços, ferramental e equipamento;

-  Documentação de instalações elétricas;

-  Riscos adicionais: a) altura; b) ambientes confinados; c) áreas classificadas; d) umidade; e) condições atmosféricas;

-  Proteção e combate a incêndios: a) noções básicas; b) medidas preventivas; c) métodos de extinção; d) prática;

-  Acidentes de origem elétrica: a) causas diretas e indiretas; b) discussão de casos;

-  Primeiros socorros: a) noções sobre lesões; b) priorização do atendimento; c) aplicação de respiração artificial; d) massagem cardíaca; e) técnicas para remoção e transporte de acidentados; f) práticas;

-  Responsabilidades.


Público Alvo:

Todos os profissionais com atividade e/ou responsabilidades profissionais ligadas a essa área. O curso baseia-se em normas técnicas oficiais estabelecidas por órgãos competentes sendo um treinamento obrigatório de acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego conforme disposto no Anexo II e III da NR-10.


Pré-requisitos:

Ensino Fundamental-1º Grau.


Área de atuação Profissional:

Empresa que possuam ou atuam em ambientes que exijam cumprimento da NR-10.

Valores:

TABELA DE PREÇOS  DE TREINAMENTOS


NR10 (Treinamento Básico  40h)

VALOR  INDIVIDUAL

R$950,00

MÍNIMO 10 COLABORADORES

R$350,00 (Por Participante)

IN COMPANY

Solicitar Proposta Técnica

***Os valores acima referem-se a  treinamentos na sede do CFP, na cidade de Araraquara/SP

Foi emitida Nota Técnica nº 283/2016 pelo Ministério do Trabalho (MTE) se posicionando contra a realização de treinamentos à distância (Modalidade de Ensino a Distância - EaD) para os treinamentos previstos# nas Normas Regulamentadoras NR-10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade, NR-12 - Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos, NR-13 - Caldeiras, Vasos de Pressão e Tubulações, NR-33 - Segurança e Saúde no Trabalho em Espaços Confinados e NR-35 - Trabalho em Altura.

Um dos assuntos abordados na Nota Técnica, é de que o Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho - DSST do MTE, tem o entendimento de que para alguns tipos de atividades que envolvem grande risco e demandam atuação essencialmente prática do profissional não se pode adotar a modalidade de ensino a distância.

A conclusão final da Nota Técnica é expressada da seguinte forma: "Portanto, até que a questão venha a ser amplamente discutida e definida pela instância responsável pela construção das Normas Regulamentadoras, entende-se, por cautela, não ser viável a adoção de treinamentos na modalidade a distância para as capacitações previstas na NR-10, na NR-12, na NR-13, na NR-33 e na NR-35."


Faça seu cadastro para mais informações:


Ter, 21 de Julho de 2015 14:27

NR 35

Por Administrator

NR 35 (Trabalho em Altura)

Carga Horária: 08 Horas

NR 35



Objetivo do Curso:

Atender os requisitos da NR 35 (Norma Regulamentadora) referente a capacitação do trabalho em altura para trabalhadores, que eventualmente ou não, realizem trabalhos em altura sob riscos de queda, mesmo, havendo fornecimento de EPI’s, estabelecendo os requisitos e condições mínimas para prevenir a ocorrência de acidentes na execução desses serviços. 


Público Alvo:

Todos os profissionais com atividade e/ou responsabilidades profissionais ligadas a essa área ou que atuem em altura onde haja risco de queda, tais como: limpeza e/ou manutenções em telhados, colunas, vigas, reservatórios, lajes, passarelas, plataformas elevatórias, andaimes, pontes rolantes, balancins, cadeiras suspensas entre outros.


Pré-requisitos:

Ensino Fundamental -1º Grau.


Conteúdo:

Introdução ao serviço de Trabalhos em Altura;

Responsabilidades das empresas e empregados;

Planejamento, Organização e Execução;

Equipamentos de Proteção Individual e Acessórios;

Sistemas de Ancoragem;

Emergência e Salvamento;

Análise de Risco e prevenção;

Permissão de Trabalhos em Altura;

Andaimes e Plataformas de Trabalho;

TABELA DE PREÇOS  DE TREINAMENTOS


NR35

VALOR  INDIVIDUAL

R$350,00

MÍNIMO 10 COLABORADORES

R$150,00 (Por Participante)

IN COMPANY

Solicitar Proposta Técnica

***Os valores acima referem-se a  treinamentos na sede do CFP, na cidade de Araraquara/SP

Foi emitida Nota Técnica nº 283/2016 pelo Ministério do Trabalho (MTE) se posicionando contra a realização de treinamentos à distância (Modalidade de Ensino a Distância - EaD) para os treinamentos previstos# nas Normas Regulamentadoras NR-10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade, NR-12 - Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos, NR-13 - Caldeiras, Vasos de Pressão e Tubulações, NR-33 - Segurança e Saúde no Trabalho em Espaços Confinados e NR-35 - Trabalho em Altura.

Um dos assuntos abordados na Nota Técnica, é de que o Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho - DSST do MTE, tem o entendimento de que para alguns tipos de atividades que envolvem grande risco e demandam atuação essencialmente prática do profissional não se pode adotar a modalidade de ensino a distância.

A conclusão final da Nota Técnica é expressada da seguinte forma: "Portanto, até que a questão venha a ser amplamente discutida e definida pela instância responsável pela construção das Normas Regulamentadoras, entende-se, por cautela, não ser viável a adoção de treinamentos na modalidade a distância para as capacitações previstas na NR-10, na NR-12, na NR-13, na NR-33 e na NR-35."

Faça seu cadastro para mais informações:


Ter, 21 de Julho de 2015 13:32

NR 33

Por Administrator

NR-33 - Trabalhadores

Carga Horária: 16 Horas

NR-33 - Supervisores

Carga horária: 40 Horas


Objetivo do Curso:

Atender os requisitos da NR 33 (Norma Regulamentadora) para identificação de espaços confinados, reconhecimento, análise, monitoramento e controle de riscos existentes. Em resumo, visa garantir permanentemente a segurança e saúde dos trabalhadores que interagem direta ou indiretamente nestes espaços.


Público Alvo:

1 - Trabalhadores autorizados e Vigias – quem precisa somente capacitação para trabalhar em espaço confinado podendo adentrar o mesmo depois que todos os procedimentos legais e de segurança sejam realizados pelo Supervisor de Entrada.

2 - Supervisores de Entrada - quem desempenha funções como: Emissão de Permissão de Entrada e Trabalho antes do início das atividades; Execução de testes e conferencia de equipamentos, bem como procedimentos contidos na Permissão de Entrada e Trabalho; garantir que serviços de emergência e salvamento estejam disponíveis e se meios para acioná-los estão operantes; Cancelamento de procedimentos de entrada e trabalho se necessário;  encerramento da Permissão de Entrada e Trabalho no término dos serviços.

Pré-requisitos:

Ensino Fundamental-1º Grau (Apresentar cópia autenticada do Atestado de Conclusão do 1º Grau, conforme exigência da NR 33).


Área de atuação Profissional:

Empresa que possuam ou atuam em ambientes que exijam cumprimento da NR-33.

TABELA DE PREÇOS DE TREINAMENTOS 


NR33 (16 Horas)

VALOR  INDIVIDUAL

R$680,00

MINÍMO 10 COLABORADORES

R$380,00 (Participante)

IN COMPANY

Solicitar proposta técnica

TABELA DE PREÇOS DE TREINAMENTOS


NR33 (40 Horas)

VALOR  INDIVIDUAL

R$1.200,00

MINÍMO 10 COLABORADORES

R$680,00 (Participante)

IN COMPANY

Solicitar proposta técnica

***Os valores acima referem-se a  treinamentos na sede do CFP, na cidade de Araraquara/SP

Foi emitida Nota Técnica nº 283/2016 pelo Ministério do Trabalho (MTE) se posicionando contra a realização de treinamentos à distância (Modalidade de Ensino a Distância - EaD) para os treinamentos previstos# nas Normas Regulamentadoras NR-10 - Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade, NR-12 - Segurança no Trabalho em Máquinas e Equipamentos, NR-13 - Caldeiras, Vasos de Pressão e Tubulações, NR-33 - Segurança e Saúde no Trabalho em Espaços Confinados e NR-35 - Trabalho em Altura.

Um dos assuntos abordados na Nota Técnica, é de que o Departamento de Segurança e Saúde no Trabalho - DSST do MTE, tem o entendimento de que para alguns tipos de atividades que envolvem grande risco e demandam atuação essencialmente prática do profissional não se pode adotar a modalidade de ensino a distância.

A conclusão final da Nota Técnica é expressada da seguinte forma: "Portanto, até que a questão venha a ser amplamente discutida e definida pela instância responsável pela construção das Normas Regulamentadoras, entende-se, por cautela, não ser viável a adoção de treinamentos na modalidade a distância para as capacitações previstas na NR-10, na NR-12, na NR-13, na NR-33 e na NR-35."

Faça seu cadastro para mais informações:


<< Início < Anterior 1 2 Próximo > Fim >>
Página 1 de 2

Cadastro de Empresas e Profissionais

Empresas: qualifique seus soldadores!

qualifique seu soldador

O termo "Qualificação" significa que um soldador ou operador de soldagem cumpre com os requisitos de uma determinada norma/procedimento e está qualificado para executar soldas, no âmbito desta norma/procedimento...

Saiba Mais